porto educação

curitiba | 2018

A Porto Educação é uma instituição que “propõe uma nova visão no ensino, entendendo o aluno como uma pessoa única, um ser completo e complexo”.

Um espaço para ler, escrever, ouvir, apresentar, conviver, compartilhar ideias. O projeto é proposto como uma grande praça que pode ser transformada em três salas independentes através da manipulação de divisórias articuladas. Quando abertas, permitem a fluidez de circulação - reforçada pela continuidade do piso monolítico de cor azul claro -, expandindo o campo de aprendizado para o largo, corredores e copa.

A "linha cultural", um elemento composto de madeira e vidro, regula e delimita a grande praça e ao mesmo tempo é repositório de conhecimento, instigando interesse para os mais diversos suportes de cultura, seja com um conto fantástico de Borges, uma narrativa de Graciliano Ramos ou uma película de Sebastião Salgado. Com a adoção de divisórias transparentes, subverte-se o papel da parede no espaço sem descartar a função que desempenham, criando a interface do interior com a paisagem externa e entre os espaços internos, expondo as atividades humanas que ali acontecem.

O vidro canelado, material adotado para alcançar essa transparência, garante certo nível de privacidade e, ao mesmo tempo, a distribuição de luz natural para todas as salas. Focando em uma educação menos hierárquica e no constante compartilhamento de ideias, o desenho das mesas é pensado para uso coletivo e permite a configuração de diferentes tipos de layouts para ensino e eventos - conferências, palestras, aulas com projeção, mesas redondas -, atendendo assim a necessidade de cada momento e servindo como objeto de curiosidade, interação e aprendizado para os usuários, tornando-os seres ativos dentro do espaço.

 

Um mobiliário de madeira é desenhado para poder ser transportado pelo espaço e cumprir diferentes tipos de função, de acordo com a necessidade: banco, mesa, apoio lateral e até arquibancada, quando acoplados uns aos outros. Quando não estão sendo utilizados, são armazenados na parte inferior da linha cultural, liberando a continuidade espacial

 

Ficha Técnica

Equipe de Projeto: Alexandre Kenji, Vitor Takahashi, Marcelo Miotto, Hélio Buba e Christiana Vieira.

Localização: Curitiba, PR - Brasil

Área: 187m² 

Ano: 2018